7 Dicas sobre como captar e fidelizar clientes

Estamos passando por mudanças constantes no mercado comercial, o que tem tornado tudo um desafio ainda maior para empresas de todos os segmentos. Todas essas alterações também tem influenciado consideravelmente os hábitos consumo e decisão de consumidores e empresas. 

Sendo assim, a questão mais pontuada por empresários e profissionais de marketing e vendas é: 

O que fazer para participar de mais negócios, manter minha carteira e não cair na armadilha da simples comparação de preços?

Uma das soluções possíveis para esses questionamentos é conseguir elaborar uma estratégia de relacionamento e fidelização de cliente, e por isso desenvolvemos esse artigo com 7 mega estratégias de como captar e fidelizar clientes que ajudarão sua empresa para que este ano seja repleto de bons negócios.

Se ficou interessado na proposta, confira a seguir!

Leia também: O que é CRM?

7 Dicas sobre como captar e fidelizar clientes

7 Dicas sobre como captar e fidelizar clientes

1 – Conheça bem o seu cliente

Saber quais são os hábitos dos seus clientes,  medos e anseios, assim como o que ele valoriza é primordial. Busque entender o que ele considera sobre agregar valor, e principalmente como o seu produto ou serviço satisfaz ou resolve as necessidades na vida dele, para finalizar verifique qual a expectativa dele a respeito do seu produto.

Se a intenção é apresentar o seu produto ao público, por melhor que ele seja, mas foi direcionado para audiência errada ou da forma errada, sem uma abordagem específica e sem os devidos links entre os benefícios do seu produto e as “dores” do seu cliente, todo o investimento e estratégias será em vão.

Aplique uma parte do seu orçamento para conhecer melhor quem realmente é o seu consumidor, pois cada vez que entende um pouco mais sobre os hábitos de consumo do cliente, mais o seu produto ou serviço o completará, afinal, ele irá perceber mais valor na sua oferta e a fidelização será inevitável.

2 – Tenha uma boa comunicação

Uma vez que você seguiu a tática anterior sobre conhecer bem o seu público-alvo, a comunicação com essa pessoa já não pode ser genérica. A grande sacada é inovação, não tem mais como falar da mesma coisa, pois isso todas as outras empresas estão seguindo com milhares de e-mails, anúncio de venda, ligações e panfletos. 

E por esse motivo, é necessário que sua empresa realize uma comunicação segmentada, objetiva e personalizada sobre como o seu produto ou serviço pode ajudá-lo. Não tente empurrar algo que não esteja dentro da realidade desse cliente.

Não se trata apenas de preço ou promoções. A primeira coisa a ser feita é de fato ajudar para depois conseguir vender. Desenvolva materiais ricos: ebook, tutoriais, comparativos, informações relevantes e faça-o confiar em você. É necessário criar um vínculo antes de realizar a venda, assim a finalização será uma consequência natural.

3 – Crie uma experiência de atendimento única

A maioria das pessoas acreditam equivocadamente que seus negócios dependem totalmente de gente (educada, proativa, atenciosa, etc.)

Esse é um grande erro que você não deve cometer, pois a maioria das empresas é dependente de processos, uma vez que permitem que pessoas normais realizem atividades complexas.

Temos grandes exemplos como McDonalds, Starbucks e tantas outras organizações que acabam levando suas equipes a exaustão em pesados treinamentos, a fim de garantir que todo o fluxo de atendimento seja feito com perfeição, seguindo um padrão, com os mesmos sorrisos, com as mesmas perguntas, para garantir que a experiência e as entregas serão completas.

No final das contas não interessa se sua empresa é uma barraca de amendoim ou uma indústria de equipamentos tecnológicos. É necessário mostrar ao seu cliente que ele é único, especial, e que você está feliz em atendê-lo tendo a preocupação  com os detalhes em cada passo do atendimento dele, se preparando para sempre fazer com cuidado e zelo.

É preciso mostrar principalmente que o seu atendimento não é apenas bom, mas é o melhor  todas as vezes que ele precisar.

Não deixe de ler: O que NÃO fazer no Atendimento ao Cliente

4 – Melhore o formato da entrega

Você pode até atrair, encantar e vender, mas se o produto ou serviço que você entrega realmente não é algo que supera as expectativas do cliente ou se o seu cliente não se sente motivado a falar bem da sua empresa ou lhe indicar para amigos, seus esforços não valerão de nada.

Isso ocorre na maioria das vezes devido ao desalinhamento entre expectativa e entrega, sendo assim, para solucionar esses casos nunca se esqueça:

  • Durante todo o ciclo de vendas deixe claro o prazo das entregas, faça sempre conexões sobre a expectativa do cliente e o produto final.
  • Se for possível, surpreenda-o no final com algo que transformará a experiência em algo especial.
  • Invista parte da sua verba de marketing em qualidade dos serviços, pode até parecer clichê, mas um cliente bem atendido te trará muito mais receita e indicações que um cliente que foi apenas atendido, ou seja, faça mais que o obrigatório, seja único na entrega e cada vez você precisará de menos marketing de propaganda.

5 – Faça a medição da satisfação do seu cliente periodicamente

O que não se mede não tem como ser gerenciado. Por esse motivo,seja focado e tenha metas ao medir suas ações, quais passos da venda convertem mais, qual funcionalidade deixa o seu cliente mais satisfeito, qual funcionário está atendendo melhor e assim por diante.

Esteja sempre atento, dê ouvidos e aja rapidamente quando for resolver os problemas, caso ocorram lembre-se de:

  • Mapeie bem as falhas com agilidade;
  • Tenha um “protocolo” para solucioná-las;
  • Tenha uma comunicação clara e eficiente para impedir que o problema se multiplique;
  • Seja transparente e humilde com o cliente, arrogância não ajuda em nada.
  • Apure as responsabilidades e implemente melhorias de processos e treinamentos;

6 – Esteja preparado para o pós-venda.

Não pense que à sua missão acaba quando cliente realiza a compra, vai muito além disso, quando o cliente realiza a venda a relação com a empresa apenas começou, então não deixe esse atendimento de lado, para depois e sem atenção.

Crie formas de conhecer melhor seu cliente, peça a data de aniversário, suas preferências e interesses e logo em seguida ligue, envie e-mail, mande brindes. 

Resumindo, esteja sempre presente e preencha todas as lacunas no seu setor. Caso seja um prestador de serviços de manutenção predial ou fornecedor de papel de escritório, nunca deixe ele pensar em outro nome a não ser o da sua empresa, pois quando precisar desses produtos ou serviços é sua marca que ele irá procurar.

Leia também: Os 10 CRMs mais conhecidos do mercado

7 – Procure automatizar seus processos

Último passo, porém não menos importante, atualize todas essas técnicas e transforme o seu planejamento em um modelo de gestão automatizado, sempre armazene seus dados em uma base confiável, de acesso fácil e automatize o fluxo de trabalho e de relacionamento com seu cliente.

Já faz muito tempo que os comerciantes de bairros sabiam tudo de cabeça sobre os seus fregueses, mas isso hoje não é mais suficiente, a quantidade de clientes cresceu e a maior parte dos atendimentos são feitas por funcionários, tornando impossível o armazenamento de todas as informações sobre seus clientes em um bloco de notas.

Sendo assim, o melhor caminho é a utilização de ferramentas, processos, rotinas, scripts, sistemas e todas as funcionalidades que permitam tornar sua empresa mais rápida. Perceba que: tudo que deixará a sua empresa mais eficiente é bem-vindo, por isso deixe o mais produtiva possível.

Comece a aplicar essas dicas e veja como terá resultados melhores ao não só captar, mas também fidelizar clientes

Até breve!

7 Dicas sobre como captar e fidelizar clientes

Leia outras publicações